Noticias

30-11--0001


Numa reunião que aconteceu hoje à tarde, 19 de outubro de 2017, ás 15hrs em Brasília/DF, capitaneada pela CBA – Confederação Brasileira de Apicultura, agendada pela frente parlamentar de apicultura e meliponicultura sobre a presidência do deputado federal catarinense João Rodrigues e lideranças apícolas do Brasil acompanhadas pelos deputados Nelson Marquezelli de São Paulo e Deputado Ezequiel Fonseca do Mato Grosso, tiveram uma audiência com o Dr. Raphael Vianna de Menezes, secretário executivo adjunto do MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que ratificou a posição do Dr. José Luís Vargas, diretor do DIPOA – Departamento de Inspeção dos Produtos de Origem Animal, da não exigência do registro da unidade de extração de mel em nível de propriedade junto ao MAPA.

Concordaram que no Brasil que tem aproximadamente 300 mil apicultores, ficaria impraticável essa exigência, e que o mel e os outros produtos das abelhas, passa a sofrer inspeção a partir dos entrepostos que realizam o fracionamento dos produtos e que se considera que o mel a granel é matéria prima.

Também estava presente na audiência, o presidente da FAASC, Nésio Fernandes de Medeiros.

 Crédito das fotos: Noaldo Santos - ACE/GM-fotografia-Mapa