Noticias

19-08-2019


Problemas ambientais e a mortandade das abelhas foi um dos assuntos mais abordados pelas autoridades presentes ao 34º Encontro Catarinense de Apicultores e Meliponicultores (ECA), que aconteceu no Parque Nacional da Maça, em São Joaquim, nos dias 16 e 17 de agosto. Durante o encontro o presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC), Ênio Cesconeto, entregou ao secretário adjunto de estado da Agricultura a documentação para dar entrada com o IG do Melato de Bracatinga. Ele também pediu, durante a abertura oficial, que os apicultores reforcem as suas associações. "Procurem a associacão da sua região. Reforcem as associações, dessa forma o setor pode ficar cada vez mais forte", disse Ênio.

Estiveram presentes diversas autoridades na abertura oficial do evento, como o secretário adjunto de estado da Agricultura, Ricardo Miotto, o deputado federal Darci de Matos, o deputado estadual Ivan Naatz, o prefeito de São Joaquim, Giovane Nunes, o presidente da Câmara de Vereadores de São Joaquim, Joaquim Borges, Adriana Neves do MAPA, o presidente da CBA, Aragão, o diretor de Pesquisa da Epagri, Vagner Fortes, o coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini, o presidente da ASA, Joel Rosa, o secretário de Agricultura de Urubici, Adelmo de Souza, entre outros. O deputado estadual Ivan Naatz, aproveitou para falar sobre a declaração fitossanitária, "isso vai tirar um grande entrave para s produtores, sei que muitos têm problemas fitossanitários, vamos resolver essa questão", disse. O deputado federal Darci de Matos, também presidente da Frente Parlamentar Mista da Apicultura e Meliponicultura, disse que a Câmara está aberta ao setor e que vai trabalhar por políticas justas e na questão da mortandade das abelhas. O secretário adjunto de Agricultura, Ricardo Mioto, falou sobre o compromisso do atual governo com a questão ambiental e sobre os impostos instituídos aos agrotóxicos em Santa Catarina, que tem causado a morte de milhares de abelhas.

O encontro teve como tema Apicultura: Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental, com uma extensa programação técnica para capacitação dos produtores. Foram palestras, mini-cursos e mesas redondas com especialistas do Uruguai, da Bahia, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina que atraíram mais de 600 pessoas. Paralelamente ao encontro foi realizada a Expofeira. Quase 20 empresas da área de insumos apícolas e equipamentos da Argentina, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina apresentaram o que há de mais moderno e as novidades em termos de tecnologia para apicultura.

O encontro foi uma realização da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores (FAASC), Epagri, Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), Associação Serrana de Apicultores (Asa), Senar e Sebrae. O encontro tem o patrocínio da Implavel, Apitec, Osjuan e a Imesul Metal Apícola e apoio da prefeitura de São Joaquim.

Empresas que participaram da Expofeira:

Agronatur, Ijuí SC
Iceal, Rio Magrinho SC
Demasul, Jaraguá SC
Parcinox, Maringá PR
Prodapys, Araranguá SC
WeBees, Joinville SC
Fyapos, Caçapava RS
Schilin, Panambi RS
Kiwa, Florianópolis SC
Phitomel, Pres. Prudente SP
Minamel, Içara SC
Oeste Apicola, Maravilha SC
Unitau, Jaraguá SC
Imesul, Lages SC
Implavel, Joinville SC
Apitec, Maringá PR
Osjuan, Lages SC